domingo, 13 de dezembro de 2009

Cuidados na prática do webwriting


As novas tecnologias da comunicação trouxeram diversas novidades, entre elas está o surgimento de profissionais especializados no fornecimento de conteúdo para a Internet, os webwritters.  Mas no que eles se diferem de jornalistas, escritores, colunistas e repórteres dos meios de comunicação tradicionais?

Obviamente esse tipo de trabalho pode ser feito pelos profissionais citados acima, mas é preciso ter em mente que a Internet tem as suas características e audiências próprias e por isso exige cuidados específicos.

Páginas na internet não são lidas por completo

Diversos estudos comprovam que apenas 16% dos visitantes de uma página leem todas as informações. No geral, o internauta tende a escanear o conteúdo em busca do que realmente o interessa. Por isso o webwritter deve adotar algumas estratégias na hora de escrever como:

- Utilizar de parágrafos curtos;
- Usar marcadores;
- Destacar palavras ou frases importantes;
- Escrever títulos e subtítulos chamativos.

Leitores estão sempre ocupados

Um dos desafios de quem escreve para Internet é chamar a atenção dos Internautas, que geralmente dividem o seu tempo entre diferentes sites, mensagens instantâneas, Orkut, Facebook, Twitter e muitos outros. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de produzir um texto, muitos erros, falta de coesão e coerência fazem com que rapidamento o leitor desista de ler a informação. Afinal, sempre existem coisas interessantes para fazer no mundo Web, então não dê motivos para isso.

1 comentários:

Malu Machado disse...

Adorei o texto. Estou buscando mais informações sobre o tema. Caso tenha, me envie, por favor !

14 de dezembro de 2009 13:04